50 Tons de Malte: Diversidade artesanal em Tiradentes

A dica de Onde Beber Artesanal para o trem em Tiradentes para gente descobrir mais um lugar imperdível em pleno interior mineiro.

tiradentes

Que Tiradentes é uma cidade gostosa e incrível de passar um final de semana ou feriado a gente já sabe. Mas, que lá podemos achar uma infinidade de cervejas artesanais, ah, isso é novidade!

Por isso, a dica é o 50 Tons de Malte, um bar/pub que fica em uma rua tranquila de Tiradentes, apesar de ficar bem pertinho da praça principal. É uma paz.

20190921_150841

O local: Um lugar para toda a família. Apesar de estar em uma cidade histórica, achei grande. Com uma decoração que mistura o rústico com o moderno, é um lugar muito aconchegante e bonito. Com mesas espalhadas pelo salão e algumas na calçada.

20190921_152413

O atendimento? Sensacional! Te tiram dúvidas, te dão dicas cobre as cervejas presentes no cardápio. Fora a simpatia.

cervejarias mineiras

Para beber: A casa oferece uma vasta carta de cervejas artesanais. São mais de 100 rótulos, todos mineiros. Legal, né?! Tem para todos os gostos e bolsos. Ah, não tem chope, somente garrafas e latas, que variam de R$12,90 a R$40. Tomamos alguns rótulos indicados. Além de cerveja, têm muitas opções de hidromel e destilados.  

50 tons de malte tireadentes

Além das cervejas geladinhas, você também encontra alguns rótulos na prateleira, para levar e alguns kits para presentear.

Para comer: Opção para comer é o que não falta também. Diversas porções de boteco. Como o famoso bombom de feijoada, pastel de angu com diversos recheios, porções de picanha, lombo, linguiça, fritas e por aí vai. Além de caldos e pratos executivos. Os valores variam de R$18,90 a R$69,90.

porcoes

cervejeira uai

Adorei ter essa opção em pleno Tiradentes, já que a praça principal foi tomada somente por duas cervejarias. Mas, tudo bem, o importante é que encontramos cerveja artesanal sem dificuldade!

50 Tons de Malte
Rua Frederico Ozanan, 345 – Loja D – Centro

Tiradentes- MG
Instagram: @50tonsdemalte

#TBT: Stella Artois – Floralis Genérica (Buenos Aires)

20180414_145622.jpg

O #tbt de hoje não é com uma cerveja argentina, mas é uma cerveja que acha em toda esquina de Buenos Aires: a Stella Artois.

Mas o interessante é que, por lá, acha muita dela na garrafa de 975 ml. Ou seja, praticamente um litrão de Stella, que eu nunca vi aqui no Brasil.

A Stella é uma Premium American Lager belga, com mais de 600 anos de tradição. Ela foi criada como um presente de Natal para os habitantes de Leuven, na Bélgica. Stella significa ‘estrela’, em latim, e foi uma homenagem à ocasião de sua criação.

Sua cor é cristalina e o aroma suave. Seu sabor, tem um leve amargor no final. Dá para tomar várias.

Essa, nós tomamos no restaurante Gran Parrilla del Plata, bem conhecido em Buenos Aires pelas suas famosas e suculentas carnes. Dependendo do horário, você enfrenta até fila.

O lugar é dos anos 20, e mantém as características daquela época. Localizado em San Telmo, ele te faz voltar no tempo.

gran parrilla

Depois que pedimos o prato, eles mandaram, de entrada um negócio, acompanhado de pão. Não fazia ideia do que era aquilo que mandaram, sei que fiquei com receio de comer. Mas, ao comer, achei bom demais. Só não comi tudo, porque senão não almoçaria.

feijoesProcurando agora no Google, o prato eram feijões brancos gigantes.

E o nosso prato do dia não poderia ter sido diferente. Pedimos Baby Beef, salada e purê de batata. A carne vem acompanhada de vinagrete, chimichuri e outro molho que não lembro mais.

parrilla argentina

parrilla

O ponto da carne veio excelente. Estava tudo sensacional. De lamber o prato…rs

20180414_153203


O ponto turístico que escolhi para hoje, é um dos cartões postais de Buenos Aires: a Floralis Genérica, conhecida por nós, brasileiros, como a Flor Metálica.

20180414_172950

A escultura tem um sistema hidráulico que permite abrir suas pétalas de dia e fechá-las ao entardecer.

Quando anoitece, ela emite uma luz vermelha e se fecha. Clareou, ela se abre. Quando há ventos fortes ou temporais, esse mesmo mecanismo faz com que ela se feche.

20180414_171312

Ela fica no meio de um pequeno lago. Em seu entorno tem um enorme espaço verde, que deixa a paisagem ainda mais linda.20180414_172220

Por ali, você encontra diversas pessoas: famílias, casais, grupo de amigos, pessoas sozinhas. Todas com o mesmo objetivo: contemplar a natureza e desacelerar a vida.

20180414_172025

Se for lá, faça o mesmo: Pare, sente e esqueça que existe relógio. Desacelere!

20180414_172644

Já que falei de San Telmo, porque não aproveitar esse post e colocar o ponto turístico mais visitado de lá?

A estátua da Mafalda na companhia de dois de seus melhores amigos: Susanita e Manolito. Uma homenagem à Quino, criador da personagem, e morador das redondezas.

malfadaA estátua é superconcorrida para tirar fotos.

Tijucana Pub: A casa do chope artesanal em Diamantina

tijucana

A dica de hoje para beber artesanal vai viajar para o interior mineiro novamente.

A dica da vez é o Tijucana Pub, Restaurante e Growler Station da Cerveja Arte Tijucana, de Diamantina.

Inaugurado neste ano, 2019, o pub é um achado! Andando pelos becos da cidade de Diamantina, você avista uma portinha com o nome do pub. Ao entrar, você não acredita no tamanho do pub. Por ser em Diamantina, o pub é bem espaçoso.

◊ O local: A iluminação baixa dá um charme dos pubs ingleses, além da manutenção da estrutura antiga, que nos remete às casas históricas.

20191116_210645

20191116_211231

No palco, toda semana se apresenta uma boa banda, tocando o melhor do rock nacional e internacional. O som é bem alto, talvez, por isso, não seja um lugar apropriado para levar crianças e também não dá para conversar quando a banda está no palco. Aproveite para curtir o som!

20191116_210637

Por lá, estão grupos de jovens, adultos, casais, todos com o objetivo de se divertir e aproveitar tudo que a casa tem de bom.

20191116_211332

O atendimento é excelente. Os garçons são super solícitos e animados, sem contar a cordialidade de um dos sócios-proprietário, Renato.

A casa tem uma vista privilegiada para a principal praça da cidade, a Praça do Mercado Velho. Delícia demais, pegar uma mesa na janela e sentir o clima diamantinense.

20181115_225843-e1574215623148.jpg

◊ Para beber: Humm.. e para beber não poderia ser diferente, muito chope e cervjejas artesanais. São 15 torneiras com chope das mais diversas cervejarias mineiras e dos mais variados estilos. De Pilsen a IPA.Os valores variam de acordo com o estilo. As de 500 ml vão de R$11 a R$17.  Além dos chopes e cerveja artesanal em garrafa, eles servem drinks, vinhos, cahcaça, whisky, água, suco e refrigerante.

20191116_211250

Eu fui e King’s Cross, uma Pale Ale da Verace, Dunkel da Krug Bier e Hop Corn, uma IPA da Wäls.

◊ Para comer: A casa oferece diversas opções para tira-gosto. Tem prato com comida brasileira,  americana e alemã.

Aos sábados, eles servem uma deliciosa feijoada. Hummm.

 

20191116_213716.jpg

Se tiver passeando por Diamantina, não deixe de conhecer o pub, além de tomar belas artesanais no local, você também pode encher seu growler para levar pra casa. Fica a dica!

Bora lá?!

♦ Tijucana Pub
Rua Maria Leopoldina, 160
Diamantina – MG
Intagram: @cervejaartetijucana

 

 

.

#TBT: La Birreria – Puerto Madero (Buenos Aires)

O #tbt de hoje foi um achado em Puerto Madero – Buenos Aires.

É a La Birreria, uma casa de cerveja artesanal e de rock em Buenos Aires. Que lugar gostoso!

cerveza artesanal

A decoração é linda. Toda voltada para os amantes do rock. os engates das torneiras são todos personalizados. Achei muito massa.

la-birreria-1.jpg

O ambiente é bem descolado e a música é sempre o rock.

la birreria (2)

Tem mesas na parte interna e do lado de fora, com vista para os diques e para o Rio da Prata. Claro que esse último é o mais disputado.

la birreria

la birreria 3

la birreria puerto

Por lá, servem uma extensa quantidade de cervejas artesanais. Se você tem curiosidade em conhecer as cervejas locais, esse é o lugar ideal. Tem as mais diversas marcas e estilos.

buenos aires

Assim como a maioria das cervejarias de Buenos Aires, a La Birreria faz promoção de Happy Hour, com cervejas a um valor mais barato até 21 horas.

Tomamos alguns rótulos e todos gostosos!

cervezas

Além de cerveja, eles fazem drinks também.

Para comer, o cardápio é diversificado. Tem hambúrgueres, sanduiches, nachos com guacamole, cheddar e carne, batata frita com bacon e cheddar, currywurst (salsicha alemã com catchup e curry) e espetos de frango e queijo.

Pedimos batata e os nachos, que vieram bem servidos.

papas-fritas.jpg

nacho.jpg

O esquema é todo self-service. Pediu, pagou, pegou!

A casa conta com diversas filiais espalhadas pela cidade (são 9). Essa que fui, como falei, fica em Puerto Madeiro, no final da rua principal. Existem vários bares por lá, mas, esse, é imperdível.

Anota aí e siga mais essa dica em Buenos Aires.

Site: www.labirreria.com.ar
Instagram: @labirreria_puertomadero


O ponto turístico desse #tbt é o bairro Puerto Madero, um bairro sofisticado e elegante, muito visitado pelos turistas.

diques puerto

Puerto Madero foi construído no final do século 19 para que Buenos Aires pudesse receber grandes navios. Porém, alguns anos depois, os barcos de carga ficaram ainda maiores, deixando Puerto Madero obsoleto.

Durante o século 20, a região foi se deteriorando. Após um processo de revitalização, nos anos 90, o bairro se tornou uma das regiões mais caras e charmosas da capital portenha.

puerto madero

puerto madero (2)Um dos pontos mais frequentados pelos turistas é a área dos diques que cruzam o Rio da Prata. Interessante que de um lado foram erguidos prédios modernos, grandes e imponentes e do outro lado foram mantidas as antigas docas, que passaram a abrigar o mais elegante polo gastronômico da cidade.

diques

Um fato curioso é que todas as ruas ali são nomeadas em homenagem a alguma mulher. Além disso, a ponte que passa por cima do rio é chamada de Puente de la Mujer. Depois falo dela para vocês.

Ali, também, encontra-se o Buque Museo Fragata Sarmiento, um barco museu. A fragata foi construída em 1896, na Inglaterra, e serviu como escola para jovens estudantes da marinha argentina. Atualmente, está aberto para visitação para que o público conheça sua história e entenda seu funcionamento.

fragata

fragata puerto madero

Eu achei muito gostoso andar pela rua principal. Como fomos à tarde, deu para aproveitar a rua principal de tarde e à noite. Muito tranquilo para andar à toa e admirar este local.

puerto madera

Redentor Bar: A esquina mais carioca de BH

A dica de Onde Beber Artesanal hoje é um bar e restaurante muito tradicional em BH: o Redentor Bar, que  possuem duas unidades: uma na Savassi e outra no Shopping Cidade. Como fui no da Savassi, falarei dele.

20190908_191535

O Redentor Bar Savassi existe, no mesmo ponto, desde 2004. Desde lá, vem trazendo uma mistura muito boa entre o estilo carioca e o jeitinho mineiro. Isso fica estampado desde a sua decoração até o seu cardápio.

20190908_211618

Já começa pela calçada, que tem o mesmo formato da original de Ipanema e pelo nome que é inspirado no monumento mais famoso do rio o Cristo Redentor. E tem mais …

redentor bar

O local: A casa tem um ambiente bem descontraído, com música ambiente que passa pela bossa nova, chorinho, samba e MPB. Alguns dias, esses ritmos são apresentados com shows ao vivo. Muito gostoso. Na placa da foto abaixo, dá pra ver os estilos e os dias.

20190908_193633

O espaço interno é grande. Além de mesas dentro da casa, tem mesas na varanda e mesas nas calçadas, que são as preferidas do happy hour, estão sempre cheias!

20190908_193643

20190908_193711

O atendimento é excelente. Os garçons estão sempre de bom-humor, atendem rápido e estão prontos para te dar qualquer dica. Os pedidos saem rápidos, chope geladinho e pratos quentinhos!

20190908_191716

Para beber: A casa conta com um vasto cardápio de chopes e drinks. A tradição da casa são os chopes Brahma que levam nomes bem diferentes como: Pelourinho, Garotinho, Rio Negro, Amador. O que varia entre eles é a cor, quantidade de espuma e tamanho do copo. Mas, claro, que fui lá por causa dos chopes artesanais.

20190908_193637

Os chopes artesanais são da Wäls: Witbier, Verano (Pale Ale) e Hop Corn (IPA). Todos a R$12,50 – 380ml. Já cerveja artesanal de garrafa só tem Hoeggarden (Witbier) e Leffe Blond (Belgian Blonde Ale).

Como já conheço todas da Wäls, pedi uma de cada. Além dos chopes e cervejas, a casa conta com diversos drinks, coquetéis, gin. Agrada a todos mesmo!

redentor chope

Para comer: Tem tudo que um tradicional bar tem que ter. Frios, pastéis, tira-gostos, cozidos, embutidos, assados, grelhados e salteados, sanduíches e as tradicionais empadas dos restaurantes cariocas. Tem opção também de pratos quentes como fetuccine, além de almoço durante o dia. Ah, tem sobremesa também. Ufa!

Nós fomos de Escalope de filé mignon ao molho e de batata noisette com cestinha de provolone. Tudo maravilhoso.

20190908_194555

Melhor do que isso, só a sobremesa: Petit Gateau e Taça de sorvete de creme.

Tinha muitos anos que não ia ao Redentor. O bar se reinventou com pratos novos, drinks exclusivos e chopes artesanais.

Ficou ainda melhor. E, se você gosta de lugar assim, que te deixa bem à vontade, com muitas opções para beber e redentor bar 2comer, coloque ele na sua lista. É gostoso demais sentar nessa esquina.

Redentor Bar Savassi
Endereço: Rua Fernandes Tourinho, 500
Savassi- Belo Horzionte
Site: http://www.redentorbar.com.br
Instagram: @redentorbar

#TBT: Quilmes – El Sanjuanino – Casa Rosada

quilmes.jpg

O #tbt de hoje não é com uma artesanal, mas é o símbolo da cerveja argentina, a cerveja Quilmes, já que é a cerveja mais popular do país.

Ela é uma Standard American Lager, que tem o lúpulo e o malte bem equilibrados e aroma suave de cereais, que fazem dela uma cerveja fácil de beber. Possui coloração clara e sabor refrescante. Para mim, ela é um pouquinho melhor que a nossa Brahma. Mas nada que se dica “Nossa, que cerveja deliciosa!”. Totalmente industrializada e nada de puro malte. Seus ingredientes são: Água, malte, cereais não malteados, carboidratos e lúpulo.

quilmes-1.jpgA Quilmes foi criada em 1888, pelo alemão Otto Bemberg e fabricada pela Cervecería y Maltería Quilmes. Hoje, a Ambev tem 97% das ações da cervejaria. Depois da compra de quase toda a cervejaria, a Ambev passou a distribui-la fora do país, tornando a conhecida também fora da Argentina.

Na Argentina, ela é uma das mais vendidas. Seu nome foi inspirado numa antiga tribo indígena que habitava a região onde foi instalada sua fábrica e que dá nome à cidade.

Detalhe que só tem ela de 970ml ou 330ml. Haja litrão!


Essa, nós tomamos num restaurante super indicado para quem quer comer pratos típicos argentinos: o El Sanjuanino.

el sanjuanino buenos aires

Indicado por diversos guias internacionais, o local já foi até destaque no The New York Times. Claro que eu não ia deixar essa oportunidade passar.

O ambiente é bem simples, apertado, parece estar dentro da casa de alguém. A decoração é peculiar, com uns barris e garrafas de vinho espalhados, quadros, bandeiras da argentina e até cabeça de um viado…rs. É bem confuso, tumultuado, tudo parecendo bem antigo. Mas nada que atrapalhe.

el sanjuanino 2

A casa estava lotada, gringos falando alto, mas, tivemos a sorte de achar uma mesa.

el sanjuanino

Pedimos o prato mais famoso de entrada: as empanadas! Dizem que é a melhor de Buenos Aires. Não sei se é a melhor. Sei que a de carne estava ótima!

empanada.jpg

Depois pedimos o prato principal: Bife completo.

parrila

Nossa Senhora! E que prato. Vem uma carne bem gostosa e suculenta, com batata frita, ovo e um pedação de bacon. Ainda bem que pedimos um só. Olha isso! Apesar da gordurada, o prato estava maravilhoso. Saímos satisfeitíssimo.

bacon


O ponto turístico é mais um clássico argentino: a Casa Rosada.

caa rosada 3

Infelizmente, a praça que fica em frente à casa “Plaza di Mayo” estava em reforma. Então, as fotos do entorno e da entrada da casa não ficaram muito bonitas.

casa rosada 1

caa-rosada-5.jpg

A Casa Rosada é a sede do Poder Executivo, onde o Presidente da República exerce as suas funções. Foi declarada Patrimônio Histórico Nacional.

20180414_142019

A casa foi construída logo após a fundação de Buenos Aires, em 1580. Ali, foi construída a Fortaleza Real de San Juan Baltasar da Áustria no lugar onde hoje existe a Casa Rosada.

Com a independência da Argentina, a fortaleza perdeu a razão de existir. Na metade do século XIX, foi ordenada a demolição do prédio e a construção de outro. 

Durante o governo de Domingo F. Sarmiento, decidiram pintar o prédio de rosa, a cor característica que permanece até hoje na Casa Rosada.

Existem várias histórias que tentam explicar a origem da cor da fachada. Uma delas é que a cor rosa foi o resultado da mistura de cal com sangue de boi, muito usado na época para acabamentos externos por conta da durabilidade.

Fizemos a visita guiada que vale muito a pena e é gratuita. E tome história para ouvir!praça

Por dentro a Casa Rosada é AMARELA. Quem diria…

casa

É claro que não seria diferente, ela é pura ostentação. Um verdadeiro palácio!

casa rosada interior

O passeio inclui os principais setores da Casa do Governo, afinal a casa é gigante. Alguns dos cômodos que fomos: Salão de Patriotas Latinoamericanos; Pátio das Palmeiras; Salão das Mulheres Argentinas; Varanda onde Evita Perón fez seu discurso; Salão Eva Perón, onde ela realizava suas reuniões. A sala ainda está decorada como na época em que era usada por Evita; Escritório Presidencial; o Salão branco, que sempre aparece quando os presidentes vão fazer pronunciamento ou quando tomam posse; e o famoso elevador presidencial.

casa rosada 4

O elevador mais chique que já vi na minha vida! Tem até poltrona de veludo. Somente o presidente pode entrar nele.

elevador-presidencial.jpg

Eu adorei conhecer um pouco mais da história da Argentina e conhecer esse palácio, um símbolo nacional, onde eu jamais imaginei entrar.

casa rosada interior 2

Querida Jacinta: Bora tomar umas no poleiro?

Já pensou em tomar uma cerveja artesanal no poleiro?

20190727_203011

Calma que esse é um poleiro diferente! Eu falo da Querida Jacinta, que é um combo:  restaurante, cervejaria e bar dançante no coração do Santa Efigênia.

Ao passar na rua, você nem percebe que ali tem um lugar desses. Fica bem escondidinho, mas para os que andam com a antena ligada como eu logo vê que algo diferente cisca por ali.

Fui à noite, por isso as fotos ficaram muito escura. Não dá para ter muita noção porque a luz por lá é bem baixa.

20190728_004153

Peguei esta foto do insta deles, feita pelo fotógrafo Victor Schwaner, para terem noção do lugar quando está mais claro.

querida jacinta

O local: São dois andares, que lembram um poleiro mesmo. A casa se transforma ao longo do dia. De dia é um restaurante, que serve almoço. Ao cair a luz do dia, a casa se torna um bar para happy hour. Depois que a casa enche, as mesas que ficam no centro da casa, em baixo, são retiradas. As pessoas são convidadas a ficar em pé para que caiba mais pessoas e vira um bar dançante.

Confesso que nesse dia que fui estava muito cheio, não tinha nenhuma programação especial, mas não dava para sair do lugar. E é gente passando e esbarrando o tempo todo. Para pegar uma cerveja era bem difícil, apesar dos garçons passarem o tempo todo. A minha dica para a casa é que limitem um pouco mais a entrada para que fique agradável aos que já entraram.

Tirando isso, a casa é muito bacana! O DJ tocava músicas das mais variadas que agitavam o público que também é bem diversificado. E toca de tudo mesmo, do funk à MPB, e todos dançando e se divertindo sem preconceito com qualquer ritmo. Falando em preconceito, isso passa longe do Querida, afinal, o banheiro é unissex, então sem essa Feminino x Masculino.

20190727_234454

Para beber: O que mais me atraiu para conhecer o poleiro da Jacinta foi saber que ofereciam cervejas artesanais próprias e de outras cervejarias mineiras. a gente fica só no #bebalocal. São 12 torneiras de chopes com opção para todos os gostos desde Pilsen à NE DIPA. Eu experimentei algumas. Todas excelentes. Os valores variam entre R$13 a R$19 as de 500ml.

20190727_203448.jpg

Além de cerveja, têm drinks super bem-feitos também. Veja aí. Assim, todos saem felizes.

Para comer: Como eu disse, a casa tem almoço de dia e tira-gosto à noite. Os petiscos são variados, muitos bem mineiros. Tem torresmo de barriga, pastel frito, carne de panela, joelho de porco, sanduíches, tábua de frios e sobremesas. Escolhemos sanduíches pela fome…rs

20190728_000323

20190728_000901

Ah! Lá é cartela individual. Na entrada, você pega um cartão para consumação e paga na saída. Falando em entrada, na antessala tem um espaço com souvenires da Querida Jacinta para comprar, como cerveja, copos, bonés e outros mimos. E, falando em saída, pague antes da casa acender as luzes, porque a fila fica enorme.

20190727_203152

Eu adorei o ambiente da casa. Bem animado. Quero voltar outra vez, porém, mais cedo e ver se pego a casa mais vazia.

20190727_212735

E, aí, curtiu o poleiro da galinha da angola Jacinta? Não deixe de conhecer o local, é muito bom!

Querida Jacinta
Rua Grão Pará, 185, Santa Efigênia
Instagram: @queridajacinta
Facebook: @queridajacintabh

 

Calçadão Gutierrez e suas delícias para todos os gostos

Hoje a dica de Onde Beber Artesanal vai para um lugar que tenta agradar a todos e consegue.

20190521_202640.jpg

Eu estou falando do Calçadão Gutierrez, um verdadeiro complexo gastronômico, já que o espaço conta com armazém, empório, restaurante etc. Ou seja, você pode parar para almoçar, comer um tira gosto, tomar uma cerveja boa e ainda fazer compras como frutas legumes, carnes, bebidas e outros alimentos.

Na calçada, tem as seguintes lojas: Boi & Birra (Butequim e Restaurante); Bosco (Empório e Armazém); Dona Ledinha (Quitanda e Mercearia); Juan (Carnes); Kaizen (Sushi Bar) e Estação 040 (Cervejaria).

logos

Eu estive à noite, portanto utilizei os serviços do Boi & Birra e da Estação 040. O cardápio e o garçom são os mesmos para qualquer pedido que fizer. Então não tem complicação.

20190521_202635.jpg

O lugar: O ambiente é bem tranquilo e familiar e é realmente uma calçada, com mesas espalhadas, bem convidativa para sentar e tomar uma cerveja geladinha. Além disso, tem espaço kids.

A programação deles é bem diversificada: Tem festival de caldos todos os dias; nas quartas têm rodízio de caldos; todo sábado tem o Sunset Calçadão; em dias de jogos há transmissão ao vivo; música ao vivo de terça à domingo; e promoções de descontos em alguns dias e no dia do aniversário. Tem opção para todos os gostos.

20190521_202711

20190521_202626

Para beber: Quando eu falo que o Calçadão agrada a todos é a todos mesmo. Para beber, lógico que o que me levou lá foi a cerveja artesanal. Para aqueles que são dos meus, vai achar uma geladeira cheia de cerveja artesanal das mais diversas marcas, como Verace, Wäls, Brüder, Leopoldina, Colorado, Vinil, 040. Elas ficam na Estação 040, que também tem uma prateleira de cervejas para levar. Além das cervejas de garrafa gelada, lá tem o chope fresquinho da 040 (Pilsen, Pale Ale, Red Ale e IPA).  E para quem não quer artesanal, no Boi & Birra tem as cervejas populares, coquetéis, caips, destilados e bebidas não alcoólicas.

20190521_214657.jpg

Para comer: Por lá, tem o melhor da comida mineira. Tanto na hora do almoço no self-service, quanto nos petiscos. Tem pão de alho, camarão, bolinho de mandioca, costelinha, coxinha da asa, carnes na brasa, na chapa, hambúrgueres e por aí vai. Veja aí o que comemos.

Cardápio:

Então é isso. Se quer ir em um lugar e agradar vários gostos, não perca tempo, esse lugar é o Calçadão Gutierrez!

20190521_203024

Calçadão Gutierrez
Avenida Marquês de Valença, 32 – Gutierrez
Belo Horizonte/MG
@calcadaogutierrez

Loja da Fábrica Ouropretana: Um bar artesanal em meio a muita história

A dica para beber cerveja artesanal desta semana vai lá para Ouro Preto.

20181227_204429

Conhece a Ouropretana? Ainda não? É uma cervejaria de Ouro Preto/MG, fundada em 2011. Desde então, eles têm feito um excelente trabalho com cervejas de muita qualidade. A cervejaria produz, hoje, seis estilos de cervejas fixas, em garrafa e em chope, e produz também algumas receitas sazonais, todas elas sem adição de produtos químicos.

Em comemoração ao aniversário de 5 anos, em 2016, a cervejaria inaugurou a Loja da Fábrica Ouropretana, um espaço próprio, onde as pessoas podem degustar chopes da casa, provar tira-gostos bem mineiros (dão preferência para os regionais) e ainda levar produtos personalizados e exclusivos da Cervejaria Ouropretana.

20181227_215256

O local: A casa não é muito grande. Tem mesa compartilhada, mesa pra grupo de pessoas, para casais e balcão, pra quem gosta. O local é diversificado, frequentado por turmas de amigos, casais e famílias, como eu fui (levei meus pais desta vez).

Para beber: Tinham as cervejas da própria Ouropretana que são: Pilsen, Pale Ale, Amburana Brown Porter, Ginger IPA (feita com maracujá que é um sucesso por lá) e a Café Lager. Além disso, tem cerveja convidada. No dia era a Leuven. Experimentei algumas da Ouropretana e gostei de todas. Das tradicionais, o preço varia de acordo com o estilo e ml. 200Ml vai de R$4,90 a R$10,90, 300ml vai de R$5,90 a R$11,90 e a de 500ml vai de R$10,50 a R$18,50  Veja as fotos. Ah, pra quem não bebe cerveja tem vinho e espumante.

Para comer: Não é tão extenso o cardápio, tanto que é escrito na parede.

20181227_215059.jpg

Tudo parece tão bom, que a gente fica na dúvida do que pedir. Eles chamam de Tentativas de Delícias, que variam entre R$16 a R$35.

Dá ou não dá para ficar perdido? Claro que pedimos a famosa paçoca de carne, feita com carne seca. Que você come com a mão como um bom mineiro, ou na colher mesmo, se preferir. Além disso, comemos o Torresmo de Barriga, que é bem carnudo e vem com limão e geleia. E comemos também o bolinho de carne. As porções são bem econômicas, talvez seja assim para pedirmos mais opções. Tudo que comemos estava excelente!

Depois desse monte de cerveja boa e comida gostosa que falei, deu água na boca, não é mesmo? Já quero voltar em Ouro Preto!

Para quem ainda não conhece, é uma cidade deliciosa de passear e conhecer sua história. E, sabendo que tem bar exclusivo com chope artesanal, fica mais convidativa ainda!

20181228_154031

Gostou da dica? Vai lá no meu insta @cervejeirauai e comenta no post que dediquei à cervejaria.

20181227_214622
Selfie de papis 🙂

Loja da Fábrica Ouropretana
Rua Benedito Valadares, 250, bairro do Rosário
Ouro Preto/MG
www.ouropretana.com.br
@cervejariaouropretana

Onde Beber Artesanal: Wäls Gastropub

wals gastropub

A dica de hoje para beber muita cerveja artesanal de qualidade e comer bem é o Wäls Gastropub!

Já fui na casa várias vezes, gosto muito de lá, da comida, das cervejas, do ambiente, enfim, tudo é bom!

◊ O local: Não é muito grande, portanto, é bom chegar com antecedência durante o almoço e no happy hour, já que está sempre cheio.

wals gastropub

20181204_181658

A Iluminação é baixa, dando um ar mais aconchegante para o local. A decoração é uma mistura de rústica com moderna, com vários itens da Wäls expostos e o que mais me chama a atenção: a chopeira.

20181204_181653

Existem três ambientes: O interno, que é composto por poltronas e cadeiras, mais adequada para turmas pequenas ou casais; o ambiente no espaço que é mais aberto, onde cabem mais mesas para a galera; e o parklet, um espaço feito pela prefeitura para ser usado pela população, porém, usado e mantido pelo bar) onde acontecem os shows ao vivo.

20181204_181729

20181204_181757.jpg

Percebe-se que é um ambiente para todos: famílias, amigos, casais, solteiros. Todos se divertem!

A programação da casa é composta por alguns dias com bandas e outros dias de promoções como: Happy hour toda segunda, terça e quinta, das 18h às 20h, com X-Wäls (lager), Session Citra (session ipa) e Verano (pale ale) a R$5,90 cada. Ou o RESET de quarta, com todos os chopes da casa saindo por R$7,90.

Precisa de mais para te convencer a ir lá?

◊ Para beber: Por lá, encontramos todos os estilos de cerveja da Wäls, alguns em chope (que varia de R$8,90 a R$13,90 – valores de 2019) e outros em garrafa (que varia de R$18 a R$30- 2019). Eu não vou nem listar aqui quais tomei, pois já tomei todas da Wäls, gosto de todas, aí vai depender do momento, da porção que vai pedir, ou o quanto quer gastar. Aí vão algumas que tomei.

 

Ah, para quem não conhece todas, recomendo pedir a régua (chamada de Flights por eles), que é uma tábua com seleção de 4 chopes diferentes de 200ml para degustação. Existem 3 tipos de Flights. Basta escolher qual tem os estilos mais parecidos com você.

20190517_123728

Outra coisa que é um sucesso na casa é o descanso de mesa (não sei como chama isso), aquele “papel” que fica nas mesas para não molhar etc. O da Wäls Gastropub tem uma imagem com diversos caminhos. Você escolhe o caminho do seu gosto por cerveja e começa pedindo a primeira cerveja daquele caminho, depois segue pedindo os chopes que estão naquele percurso. Isso é ótimo para quem não faz ideia de onde começar e quais cervejas pedir depois sem afetar o paladar. Alguns percursos são difíceis de completar…rs

20190517_123326.jpg

Além das cervejas, têm drinks com Wäls, drinks com outras bebidas alcoólicas, vinhos, espumantes, destilados e os não alcoólicos.

◊ Para comer: Se depender do cardápio deles, ficaria aqui até amanhã escrevendo. É muita opção. Tem: pratos para almoço, petiscos, sanduiches, tábuas harmonizadas, saladas, massas, risotos, peixes, carnes, caldos, pratos kids e sobremesas.

Seguem alguns:

 

Como eu falei, a casa é imperdível!

Mora em BH, ou está de passagem por aqui? Você não pode deixar de conhecer este lugar. É tudo muito bom. É a primeira casa da cervejaria em Belo Horizonte. Além dela, a Wäls tem o Ateliê Wäls que leva seu nome também. Veja aqui como foi minha experiência por lá.

20190521_125845

Cheers!

 Wäls Gastropub
Rua Levindo Lopes, 358 – Savassi
Belo Horizonte – MG
http://www.walsgastropub.com.br