Cerveja Artesanal Mineira

Vamos falar da minha terra?

É, Minas Gerais vem crescendo muito quando o assunto é cerveja artesanal. Não temos apenas cachaça de primeira, temos cerveja também!

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Minas Gerais é o estado do Brasil que obteve o maior número registro de produtos cervejeiros em 2018. Veja o mapa.

grafico mapa

Voce sabia - cerveja mineiraPor se destacar na fabricação de cervejas artesanais e pela criatividade, Minas Gerais é considerada a Bélgica brasileira. De acordo com o Ministério da Agricultura em Minas Gerais, existem atualmente 241 microcervejarias registradas aqui. O número deu um grande salto, contando que eram 12 as cervejarias artesanais em 2003.

A maior parte delas (51) está na Região Metropolitana de Belo Horizonte (números de 2018). Destaque para Nova Lima, que é a segunda cidade do país com o maior número de cervejarias registradas. São 19 cervejarias ao todo. Isso porque a legislação da cidade dá incentivos fiscais a esse tipo de negócio e, como fica ao lado de Belo Horizonte, é mais fácil o abastecimento da demanda da capital.

grafico mapa2

Ainda segundo o MAPA, Minas Gerais é o 3o estado do Brasil com maior número de cervejarias, ficando atrás apenas do Rio Grande do Sul (186), seguido de São Paulo (165). Nesses estados, houve expansão superior a 30% em relação ao ano de 2017. Além disso, em 2018, Minas bateu o recorde, com produção média de 2,1 milhões de litros por mês, ou 25 milhões no ano.

Além do aumento de cervejarias e produções, tem aumentado, também, o interesse por este tipo de cerveja por aqui. Com isso, cresceu o número de cursos a respeito do assunto; aumentou a quantidade de estilos e marcas vendidos em grandes redes de supermercados; aumentaram as lojas especializadas e bares especializados; bares que antes vendiam somente cerveja comercial, hoje, tem artesanal; e aumentou a quantidade de eventos cervejeiros por todo o estado.

Na “Agenda de Eventos” desse blog você confere todos os eventos com cerveja artesanal programados para o estado de Minas Gerais.

Características das cervejas mineiras

Segundo a Acerva Mineira (Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais), estima-se que no Estado são produzidos 55 dos 120 tipos de cerveja existentes no mundo (informações de 2017). São muitas opções por aqui e, a maioria, prima pela qualidade.

A principal característica das cervejas mineiras, como já falei, é a criatividade. São incorporados novos elementos na produção, como frutas secas, chocolate, açúcar mascavo, gengibre e mel. Além disso, para se ter um aroma diferente, algumas cervejarias maturam a cerveja em barris de amburana, madeira usada para envelhecer cachaça. E ficam sensacionais!

 

Algumas fábricas têm a opção de visitação. Fui na da Cervejaria Backer (BH) e gostei bastante. Outras que sei que oferecem esse tour são; Wäls (BH), Uaimmí (BH), Hofbräuhaus (BH), Krug Bier (Nova Lima), Verace (Nova Lima), Küd (Nova Lima), Falke Bier (Ribeirão das Neves), Loba (Santana dos Montes), Fritz (Monte Verde), Fürst (Formiga).

 

Clique aqui para ver a visita que fiz. 

Curiosidadeskrug-bier

– A primeira cervejaria artesanal foi a Krug Bier, surgindo em 1997, seguindo uma tradição austríaca na produção das cervejas. Tem como carro chefe sua linha de cervejas, que foi nomeada em homenagem à terra natal de seu fundador: a Áustria;

– Em seguida surgiu a Backer (1999) e a Wäls (2000);

– Em 2015, a Wäls é a primeira cerveja artesanal comprada pela Ambev. E continua com sua fabricação independente;

– Atualmente, a Backer é a maior cervejaria do estado, com produção média de 240 mil litros/mês, num total de 20 rótulos (2018).

– Em 2016, a Wäls ganhou o título de melhor cerveja do estilo belgian strong ale do planeta na World Beer Cup, a Copa do Mundo da Cerveja;

– As cervejarias mineiras têm se destacado nas premiações brasieleiras também.

– Em 2019, as cervejarias mineiras conquistaram 31 medalhas no maior concurso de cervejas (Concurso Brasileiro de Cerveja), quando a Cervejaria Backer foi escolhida a melhor cervejaria artesanal brasileira de grande porte.

– O portal do Estado de Minas mapeou algumas cervejarias de Minas, confira clicando aqui.

cervejas-mineiras.jpg
Foto: Outra Visão Comunicação

 

Cervejaria Sátira – Especial da recepção à despedida

No Onde Beber Artesanal (O.B.A) de hoje vou indicar um lugar recém-inaugurado: a Cervejaria Sátira – unidade Vila da Serra, um bairro que fica em Nova Lima, porém, está praticamente dentro de BH.

satira

◊ O local: O espaço é supermoderno, despojado e agradável. Por lá, vimos turma de amigos, casais e famílias, todos bem descontraídos embalados ao som de uma banda ao vivo, que fazia um rock acústico bem gostoso de ouvir. Importante: O som sempre em um nível adequado em que, até quem está na parte de dentro, consegue conversar tranquilamente. Ufa!

20190322_221225

Mas pra quem gosta de tomar um ar, tem mesas do lado de fora também.

20190322_203428

O atendimento é sensacional. Muitos garçons disponíveis, sempre atenciosos, dispostos a te atender. Tanto eles quanto o que você pede chegam rápidos! Adorei. Ah, e a gerente sempre atenta a todos os detalhes para que tudo funcione direitinho.

◊ Para beber: A casa oferece drinks tradicionais e exclusivos, aperitivos, licores, vinhos, whiskey, vodkas, cachaças, espumantes, tem pra todos os gostos. Porém as estrelas da casa são as cervejas artesanais de fabricação própria. Os estilos são: Lager, American Wheat, English Pale Ale, Gonden Strong Ale, IPA, Double IPA e Brown Ale. No dia que fui, só não experimentei a Brown e a Golden, pois não tinham. Mas as que tomei, estavam todas excelentes. A casa também faz chopes sazonais e convida cervejarias para estar on tap. Os valores vão de R$9 a R$18 (300ml) e R$14 a R$28 (500ml). Se quiser, pode encher o growler também. Mas esse é só para levar para casa, viu?!

20190322_220723

Falando em chope, eles oferecem o serviço My Tap, que é o esquema de serf-service de chope. Você abastece seu cartão com um valor e tira a quantidade e o estilo que quiser direto da biqueira. Mas, quando eu fui, não estava funcionando.

◊ Para comer: Assim como a carta de bebida é extensa, a de comida também tem uma variedade boa, que atende às diversas fomes. Tem pratos como o Nosso Entrecorte (bife acho de angus, grelhado no broiller com molho parrillero e batatas ao murro) (R$69), Galinhada (R$70); ou se quiser só beliscar tem petiscos como Chip Mix (lâminas de batatas inglesa, doce e baroa) (R$18), Croquetas de rabada (R$21) e muito mais; e também tem Hamburger, Hot Dog e Sobremesas. Com fome você não sai de lá.

Ah, e se você quiser levar para casa algum souvenir da Sátira, que estão lindos, dentro do bar tem uma lojinha com todos os produtos da Cervejaria, como growlers, camisetas, copos, canecas e chaveiro.

Eu adorei tudo na casa. Desde a recepção, as cervejas, o ambiente até a hora de embora! Como sempre, só saio depois que o bar fecha. Afinal, é preciso avaliar a casa em todos os aspectos. kkk. Ow, e até para informar o encerramento das atividades do dia eles são supereducados 😊.

Se ainda não foi lá, não sabe o que está perdendo. Você não vai querer nem ir embora, como eu. Vai por mim. E depois que for, me conte se eu tinha razão!

Estão aí mais fotos, com o marido @titibhz e os instagramers @heingomes e @loiracervejeira . Os verdes eram em comemoração ao St. Patrick’s Day.

Até o próximo O.B.A.!

20190322_203307

 

Cervejaria Sátira – Vila da Serra
Alameda Oscar Niemeyer 1369, Loja 45 – Vila da Serra
Nova Lima- MG

www.cervejariasatira.com.br
Instagram: @cervejariasatira

Mercado da Boca: Bom para comer e para beber artesanal (Nova Lima)

Atenção: Estabelecimento Fechado Permanentemente. Foi aberto uma nova unidade na Savassi.

A dica do Onde Beber Artesanal de hoje vai ser completa, para você sair feliz não só com as boas cervejas artesanais mas, também, com a excelente gastronomia do local.

mercado da boca

O Mercado da Boca é um espaço que tem como foco maior a gastronomia, com desataque para a comida mineira. Ele fica localizado no Jardim Canadá (Nova Lima), há 8 minutos do BH Shopping.

É um espaço grande, com dois andares além de um espaço externo. As mesas, que são aquelas compartilhadas, ficam no centro do salão, ao redor delas ficam os boxes dos restaurantes. A ideia é ótima, um local descontraído, com uma decoração moderna, onde familiares, amigos e casais ficam livres para comer cada um o que quiser, já que a maioria das porções são menores, para que você possa ter a experiência de comer mais de uma e mais de um local.

Foram convidados diversos chefes renomados para fazerem parte do line up de restaurantes.

20180531_202420

20180531_205737

20180531_202820

20180531_202626

20180531_234302
◊Para comer: Por lá você pode almoçar, jantar ou apenas comer um tira-gosto. Como já disse a diversidade é grande. Tem pizza, burger, pães (tem padaria), comida japonesa, carnes, tapas, queijos mineiros, além de um carrinho de churros e sorvete.

Quando fomos, comemos várias coisas, pois, como falei, as porções são menores e estávamos em 4, com fome. Pedimos: Batata ao murro com um molho e linguiças, da Borracharia; Coxinha de rabada sequinha e crocante, do Zé Trindade; Carne com um queijo (esqueci qual) e pães, do BR-3; e Costela com canjiquinha, couve e polenta frita. De sobremesa, o velho, porém requintado churros!

O esquema é igual praá de alimentação você vai no box, escolhe o que vai comer, paga e espera seu núemro ser chamado.

Segundo as publicações do Mercado, a ideia é servir pratos com preços acessíveis. Não achei barato assim nenhum deles. Os preços eram de médio para alto.

Mas vale a pena experimentar alguns. Veja as fotos e salive!

20180531_203044

◊Para beber: Tem opção para todos os gostos: vinhos, gin e nossa querida cerveja artesanal.

No meio das mesas compartilhadas, fica uma ilha da Cerveja Wäls, onde você encontra todos os principais chopes deles plugados, além de outras cervejarias, que acredito que deve alternar. Quando fui estavam plugados, Norka, Prussia, Verace, Uaimií, Kud, Brucke, Sátira e Koala (todos mineiros). Além disso, tinha alguns não artesanais.

Para quem não quer somente chope, tem uma loja menorzinha, no fundo, com diversas garrafas de cerveja geladas, de várias cervejarias mineiras como a Verace, Kud, Krug, Vinil, Falke, Bend, Capa Preta. Além de outras cervejarias de fora como a Colorado, Hoegaarden e outras não artesanais.

20180531_204913

Te falar que essa lojinha de cervejas em garrafas estava com o preço bem salgado, por isso, fiquei só nos chopes da ilha da Wäls. Tomei, o XWäls, Verano, Session Citra (todas da Wäls – R$16 – 500ml) e a Chico Rei (Dry Stout) da Uaimii (R$22 – 500ml).

Enfim, o lugar é uma delícia! Dá vontade de passar horas e horas por lá, jogando papo fora, comendo e bebendo.

Ah! Uma informação importente! O banheiro é limpíssimo, com uma decoração de muito bom-gosto!E tem espaço kids!

E tem mais! Agora, tem transporte que sai de um hotel de BH e deixa no Mercado para você não se preocupar com a bebida alcoólica e o volante. Bom demais!

Vai lá e me conte o que achou!

Mercado da Boca
Rua Toronto, 156, Jardim Canadá
Nova Lima (MG)
www.mercadodaboca.com.br