#TBT em Munique: Olimpíadas, carro e cerveja: De volta para o passado com um salto para o futuro

A cerveja deste #TBT em Munique é mais uma clássica dessa cidade. A Lagerbier Hell é uma Munich Helles da Augustinerbräu München.

Seu aroma é bem suave, sem característica marcante. O sabor também é leve, trazendo um equilíbrio perfeito entre o dulçor e amargor, com um final levemente lupulado, tornando a cerveja ainda mais refrescante. ABV: 5,2%

Sobre a Augustinerbräu eu falei aqui. 

Um extra sobre a cerveja Tegernseer Hell, uma Munich Helles da Cervejaria Herzogliches Bräustüberl Tegernsee  


Para nosso passeio, hoje, eu trago dois pontos turísticos: um lembra o passado e o outro, é totalmente o futuro.

O Olympiapark – o Parque Olímpico de Munique, construído para os jogos olímpicos de 1972, que é preservado em excelentes condições até os dias de hoje e se transformou em uma opção gratuita de lazer para os moradores de Munique, além de locais para esportes e entretenimento.

800px-Olympiastadion_Muenchen.jpg

IMG_5723

Ali, foram construídos o aquário Sea Life, a Torre Olímpica (de onde dá pra ver Munique de cima, quando fomos estava reformando), o parque aquático e o Olympiastadion – Estádio Olímpico de Munique que, quando da sua inauguração, cabiam 80 mil espectadores.

O estádio já foi palco de diversas competições como: Copa do Mundo de 1974, final da Eurocopa e final da Liga dos Campeões. Sua principal característica é o teto retrátil.

Antes da construção da Allianz Arena, ele era a casa dos times da cidade: o Bayern de Munique e o Munique 1860. Hoje, além de alguns jogos, é palco de grandes shows e outros espetáculos como o Cirque du Soleil.

Aqui, eu contei sobre minha visita na Allianz Arena.

IMG_5716

Tirando o lago, bem sujo, o restante era tudo bem limpo e conservado. Subimos no topo de uma montanha artificial. Haja perna. Lá vimos todo parque olímpico do alto, dizem que de lá se vê o mais bonito pôr do sol de Munique. Mas, quando chegamos lá em cima, começou a chuviscar. Nós somos desses, levamos chuva para onde vamos. Precisando, entre em contato…rs

Este slideshow necessita de JavaScript.

No caminho para o Parque Olímpico, nos deparamos com o enorme prédio da BMW que nada mais é que a sede mundial da marca. Ali, fica a BMW Welt , que traduzindo seria Mundo BMW, e o BMW Museum.

predio da BMW

Ali, está a fábrica da BMW, o prédio da administração e o museu da marca, conhecido como prédio “Quatro Cilindros”. No mesmo espaço tem exposição de carros e motos, entrega de carro aos compradores, espaço para jogar em simuladores, loja de souvenir concessionária e fica em frente à sede da BMW em Munique.

Os visitantes podem entrar nos carros e tirar dúvidas sobre os modelos. Por lá, a gente vê carros da BMW, Mini, e da Rolls-Royce, que também pertence à marca.

No amplo edifício, ainda se encontram restaurante, lanchonete, lounge e espaço para eventos.

Entramos para babar um pouco. Diferente das dezenas de árabes que ali estavam, rindo à toa, com cara de “quantos desses eu vou mandar entregar lá em casa?”.

Uma palhinha para quem gosta de carros e motos. Lembrando que fomos em 2017. Então, esses carros, que na época eram lançamentos, já devem estar ultrapassados.

#TBT: Tomando cerveja orgânica em Berlim e dando uma passadinha no Parlamento

Neumarkter

O #tbt de hoje é com a Edel Hell da Neumarkter Lammsbräu. É uma cerveja de estilo helles. Leve e refrescante, com o amargor do lúpulo suave e um pouco maltada, com sabor frutado.

A Edel Hell é feita com água mineral natural, malte de cevada e lúpulo cultivado organicamente. Em alemão, Edel significa nobre e geralmente é usado para se referir a uma cerveja que foi preparada com os melhores ingredientes. Hell singnifica brilhante em alemão.

Essa cerveja tem 5% de teor alcoólico.

logoA Cervejaria Neumarkter Lammsbräu foi fundada em 1628, em Neumarkt, um distrito da Baviera, na Alemanha. Desde 1986, ela fabrica cervejas orgânicas. São cerca de 20 variedades de cervejas orgânicas, a maior variedade do mercado, além de cerveja orgânica Lammsbräu, mais de 100 funcionários também produzem limonada, refrigeranted a água mineral todos orgânicos.

Além de ser fabricante de bebidas orgânicas ela também planta seu malte orgânico, estando totalmente comprometida com as questões de sustentabilidade, dando grande importância à sustentabilidade, proteção da água, regionalidade e o tratamento justo de todos os envolvidos. Para promover o desenvolvimento social sustentável, a empresa concede um prêmio anual de sustentabilidade em cinco categorias desde 2002 : pessoas físicas , organizações sem fins lucrativos , profissionais da mídia , empresas e funcionários . Os vencedores devem ter alcançado melhorias ecológicas e sociais e promover uma cultura econômica sustentável.

A cervejaria criou a “Lei da Pureza Orgânica” que se destina a expandir o requisito de pureza e os critérios orgânicos com regulamentos adicionais para a produção de cerveja. Excluem-se os pesticidas, plantas geneticamente modificadas, fertilizantes químico-sintéticos e adjuvantes artificiais.

lúpulo-planta

As cervejas orgânicas: Pilsner, Edelpils, Dunkel, Schankbier, Festbier, Urstoff, Dinkel, Leichte Weiße, Weiße (helles Hefeweizen), Schwarze (dunkles Hefeweizen), EdelHell (a que tomei), Radler, Neumarkt, Parsberg)

Sem ácool orgânicas: Alkoholfrei, Weiße, Dunkle Weiße, Radler, Aktivmalz (Malzbier)

Sem glúten: Glutenfrei e Glutenfrei Alkoholfrei

Muito interssante!


O ponto turístico desse #tbt é Reichstag ou Prédio do Parlamento.20170520_183750

Inaugurado em 1894, em Berlim, este é o prédio onde o parlamento federal da Alemanha (Bundestag) exerce suas funções.

Reishtag velhoEle participou de alguns momentos históricos como: Foi de sua sacada, depois da Segunda Guerra Mundial, em 9 de novembro de 1918, que foi proclamada a república na Alemanha. Além disso, o prédio já passou por incêndio, foi danificado na Segunda Guerra e já pertenceu a outra cidade, depois da criação do muro de Berlim.

Hoje, restaurado, o prédio é aberto para visitação gratuita na cúpula e no terraço. Em sua cúpula de vidro, que tem 23,5 metros de altura, é possível ver a sala do plenário, além da vista da cidade. Peguei algumas fotos na internet para termos ideia de como é.

É necessário fazer a reserva com antecedência pelo site. Quando tentei, não tinha mais vagas. Mas, para quem não consegue fazer a reserva, há um container nas imediações onde pode ser feito um agendamento de última hora. A fila é gigante. Então, não fomos. Por isso tenho foto somente do lado de fora.

20170520_184300

Em frente ao Reichstag, há um espaço verde gigante! Muitas pessoas aproveitam para descansar, fazer encontros, jogar bola, fazer pique-nique. É bem legal o ambiente, vale a pena dar uma passada por lá, mesmo sem poder entrar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dicas de cerveja para o Verão

inicio-verao

O verão começa nesta semana, 21 de dezembro. Eu, particularmente, amo o verão. Deixa o sol esquentar, gente! As pessoas ficam mais felizes, os bares ficam cheios, muitas pessoas entram de férias, o trânsito fica mais vazio, você consegue chegar mais cedo em casa e haja cerveja para tanta coisa boa!

E, quando a gente vê aquela “lua”, como dizem por aí: “um sol para cada um”, o que a gente pensa? Me dá uma pilsen, me dá uma pilsen!

Pera aí! Nem só de pilsen vive o ser humano no verão.

Foi pensando nisso, que convidei uma pessoa querida, gentil e especial, que entende tudo dos “paranauê” para dar umas dicas de estilos de cervejas que são ideais para tomarmos nessa estação.

Mais conhecida como Gina Alcântara, a minha convida sempre foi apaixonada pelo universo das cervejas artesanais. Como trabalhou em um restaurante onde a carta de cervejas era gigante, ficou ainda mais inspirada e sentiu a necessidade de uma especialização. Foi aí que ela se tornou sommelière, que é o profissional altamente capacitado no serviço de cervejas.

Vamos às dicas da Gina?
——————————————————————————————————————————–
gina alcantara

Então, em pleno verão, nada nos impede de degustar uma Russian Imperial Stout, porém o fator drinkabilidade é fundamental. No verão, obviamente, temos a tendência a ingerir mais líquidos tanto para hidratação quanto para manter nossos corpinhos refrescados, portanto, cervejas leves tanto no corpo quanto no teor alcoólico são muito bem-vindas. Já nas estações mais frias, podemos abusar de cervejas encorpadas com o teor alcoólico mais elevado que trazem aquele aquecimento alcoólico gostosinho. Essas, sim, são cervejas para serem degustadas lentamente.

Quanto aos estilos de cervejas ideais para tomar no verão, são inúmeros. Mas, o que vai definir mesmo é o seu gosto pessoal. Particularmente, gosto muito das:

– Berliner Weisse (cervejas claras, leves, refrescantes, ácidas e bem carbonatadas);
– Gose (leves, ácidas, exóticas, com um toque salgado);
– American Pale Ale – APA  (estilo com muitas variações de cor, aroma e sabor, mas sempre refrescante);
– Helles (estilo tradicionalmente Alemão, mais especificamente de Munique, clara, límpida, sabor predominante de malte pilsen, corpo leve de baixo amargor e ABV)

Esses estilos caem muito bem no nosso verão escaldante devido ao baixo a médio teor alcoólico, corpo leve e sua refrescância, o que resumindo:  define a tal drinkabilidade.

Para se refrescar nesse calor, seguem dicas de algumas cervejas que tomei e indico dentro desses estilos que falei:

Löwenbräu – Original (Helles)
Bend Beer – Apa
Tarim – Pluma (APA)
Verace – Kings Cross (APA)
Bold Brewing – Psychedelic Weisse (Berliner Weisse)
Urbana – Lacto Vacillus (Berliner Weisse)
Cervejaria Baker – Chope Gose

cervejas para verao

————————————————————————————————————————————
Hygina Gonçalez de Alcântara, carinhosamente chamada de Gina, é sommelière de cerveja e barista. Nascida na cidade de Diamantina-MG e moradora da capital dos botecos, Belo Horizonte, Gina já trabalhou com participação em eventos cervejeiros, com elaboração de cartas de cerveja, com degustações guiadas e com treinamento de brigada. Hoje, ela trabalha em uma growler station. Confira seu insta: @ginaalcantara_beersomm