Minas Gerais conquista 20 medalhas no Brasil Beer Cup 2022

No dia 27 de outubro, o concurso Brasil Beer Cup anunciou as cervejas medalhistas de sua terceira edição (2022) em Florianópolis. O julgamento ocorreu entre os dias 24 a 26 de outubro.

Foram avaliadas quase 2 mil amostras de cervejas às cegas. Ao todo, 325 cervejarias, de 19 Estados brasileiros, além de países como Alemanha, Argentina, Bélgica, Chile e Uruguai, enviaram suas amostras. Para o julgamento, o concurso contou com 70 jurados nacionais e internacionais.

As cervejas com maiores pontuações foram elegíveis à premiação e medalhas.

Foram mais de 100 medalhas distribuídas. Minas Gerais, como sempre, fazendo se presente nos concursos cervejeiros, faturou 20 medalhas entre ouro, prata e bronze. O destaque ficou para a Cervejaria Albanos e para a Colt Brew Cervejaria que ganharam três medalhas de prata cada.

Cervejarias mineiras medalhistas (por estilo) e suas cervejas vencedoras:

Albanos (Belo Horizonte): 3 Pratas: Brown Ale, Pale Ale (English Pale Ale) e 1870 (Historical Beer)

Antuérpia (Juiz de Fora): Bronze Nikita (Imperial Stout) e Ouro Dunkel (Schwarzbier)

Armadillo Brewery (Corinto): Ouro Armadillo Atta (Imperial Red Ale)

Brüder (Ipatinga): Bronze Alma Cevada (American Lager)

Caraça Cervejaria (Catas Altas): Ouro Pub Dark Lager e Sport Lager (American Light Lager)

Colt Brew Cervejaria (Nova Lima): 3 Prata: Tio Sun (Summer Ale), Billy The Kilt (Scottisch Ale) e Apaloosa (Strong Pale Ale )

Fürst (Formiga): Bronze Catalina Weisse (Weizen), Prata Charlote (Schwarzbier)

Hauk (Mário Campos): Ouro Golden Chopp Hauk

Jaca Bier (Juiz de Fora): Ouro English IPA

Jairo’s Bier (Betim): Bronze Jairo’s Fest (Marzen)

Krug Bier (Nova Lima): Ouro German Pils

Libertè (Paracatu): Bronze Inocente (Wheat Beer)

Mills Brewery (Belo Horizonte): Ouro Bedrock (American IPA)

Cervejaria do Ano

Além das melhores cervjeas por estilo, o concurso premiou as melhores cervejarias do ano no Brasil. A premiação seguiu o critério de maior número e pontuação de medalhas, como o esquema a seguir:

Medalha de Ouro: 10 pontos;
Medalha de Prata: 6 pontos;
Medalha de Bronze: 3 pontos.

Para fins de classificação, a premiação de cervejaria do ano, é considerada o volume de produção mensal:

Cervejaria de Pequeno Porte: até 30.000 litros mensais
Cervejaria de Médio Porte: de 30.001 a 200.000 litros mensais
Cervejaria de Grande Porte: a partir de 200.001 litros mensais

Premiadas Brasil Beer Cup 2022:

Cervejaria do Ano de Grande Porte – Cerveja Blumenau
Cervejaria do Ano de Médio Porte – Bodebrown
Cervejaria do Ano de Pequeno Porte – Cervejaria Cathedral

The Best of Show

A premiação por estilo se deu em medalhas de ouro, prata e bronze. E as cervejas com medalhas de ouro foram julgadas no The Best of Show (melhores cervejas do concurso) em três categorias de acordo com a inscrição no formulário das cervejarias participantes: Comercial, Experimental e Inovação.

As cervejas The Best of Show do Brasil Beer Cup 2022:

The Best of Show Experimental – Ábrette Sésamo #1 Cervejaria: Juguetes Perdidos (Argentina/ Buenos Aires) Estilo: Wild Beer

The Best of Show Comercial – Sommer Weiss Cervejaria: Metzgerbier (Brasil/ Paraná) Estilo: German-Style Leichtes Weizen

The Best of Show Inovação – Belgard Catharina Sour sem Álcool Cervejaria: Cervejaria Belgard (Brasil/ Santa Catarina) Estilo: Non-Alcohol Malt Beverage Descrição da inovação: Uma versão da Catharina Sour com 0,5% ABV e com adição de polpa de maracujá, morango e amora.

Premiação Cerveja Caseira

Este ano, mais uma vez a competição deu espaço para a cerveja caseira, com a adição da categoria Brazilian, além da Catharina Sour. Sendo avaliadas em rodadas especiais pelos mesmos juízes que julgaram a categoria comercial. A premiação não considera medalhas, são selecionadas as melhores sem ordem de colocação. Foram selecionadas as melhores cervejas no estilo Catharina Sour e nos estilos Brazilian Beer.

Estilo: Catharina Sour (3 cervejas premiadas):

Aurora – Catharina Sour with acerola and cashew, de Guilherme Martins Grosseli (São Paulo)
Catharina Sour Caju 75 – Cerveja Catharina Sour de Caju e Cumaru, de Heitor José Maretti (São Paulo)
#OMNGDMEM – O mundo não gosta das meninas e mulheres, de Rodrigo Rocha (Rio de Janeiro)

Os estilos Brazilian Beer consideram:

Brazilian Beer com frutas, Brazilian Beer com ervas e especiarias, Brazilian Beer com madeira, Brazilian Beer com levedura, malte e/ou lúpulo brasileiro (apenas 2 cervejas foram selecionadas pelos juízes). As vencedoras:

Bella. Estilo: Brazilian Beer com madeira – Cerveja envelhecida em barril de castanheira que previamente continha cachaça, sem torrefação. Cervejeiro: André Mendes Piol (Espírito Santo)

Consagrada 3Way Brazilian Pepper Saison. Estilo: Brazilian Beer com ervas e especiarias – Belgian Saison style base. (Standard, Pale), with a blend of Brazilian peppers. Black pepper and white pepper, macerated. Cervejeiro: Vander Eduardo Teixeira (Mato Grosso)

É a segunda vez que Guilherme Martins Grosseli ganha na categoria caseira, na última edição venceu com uma Catharina Sour.

Para acessar o quadro completo de medalhas, acesse este link.

Cervejas brasileiras premiadas no World Beer Awards 2021

Foi divulgado, no dia 9 de setembro de 2021, as cervejas vencedoras do concurso World Beer Awards, considerado um dos concursos cervejeiros mais importantes do mundo.

No total, NOVE cervejas brasileiras entraram para a lista de melhores cervejas de 2021 em suas categorias. Dessas nove, TRÊS são mineiras.

Confira as campeãs brasileiras:

Albanos Accidentally Sour – Brown – Melhor Oud Bruin do mundo
Wäls 42 – Mellhor Pale Biére de Garde / Saison do mundo
Wäls Fruit Lambic – Melhor Fruit Lambic do mundo
Colorado Indica – Melhor English IPA do mundo
Goose Island Midway – Melhor Session IPA do mundo
Brahma Chopp – Melhor International Lager do mundo
Colorado Catharina Toca – Melhor Berliner Weisse do mundo
Leopoldina Italian Grape Ale- Melhor Speciality Brut do mundo
Lohn Bier American Wheat Wine – Melhor American Witbier do mundo

A escolha das melhores cervejas é feita através de critérios sensoriais em dez categorias reconhecidas internacionalmente, com suas subdivisões. Veja as categorias:

Melhor cerveja escura do mundo (com 8 subcategorias);
Melhor cerveja com adição de sabor do mundo (com 9 subcategorias);
Melhor IPA do mundo (com 7 subcategorias);
Melhor cerveja lager do mundo (com 15 subcategorias);
Melhor cerveja com baixo ou sem teor alcoólico (com 9 subcategorias);
Melhor cerveja pale (clara) do mundo (com 17 subcategorias);
Melhor cerveja Sour e Lambic do mundo (Com 10 subcategorias);
Melhor cerveja specialty do mundo (com 7 subcategorias);
Melhores cervejas Stout e Porter do mundo (com 7 subcategorias);
Melhor cerveja Witbier do mundo (com 7 subcategorias).

Dentro de cada uma dessas categorias existem subcategorias. Por exemplo, dentro da categoria IPA tem as subcategorias:  American IPA, Black IPA, English IPA, Double IPA, New English IPA, Session IPA e Specialty IPA. Tem vencedora da categoria e das subcategorias.

Os juízes são especialistas reconhecidos no mercado. E o julgamento é feito em três etapas.

A primeira etapa define as cervejas vencedoras de cada país inscrito.

Veja aqui Cervejarias mineiras ganham dezenas de medalhas na primeira rodada da World Beer Awards

Em seguida, as selecionadas são provadas novamente, para definir quais são as melhores em cada subcategoria no mundo. E por fim, as vencedoras da segunda fase são colocadas à prova, para que cada categoria tenha uma vencedora.

Dessa forma, são 10 grandes vencedoras e outras 86 (+ as 10) nas subcategorias.

Além de trazer um reconhecimento mundial, a premiação traz benefícios para as cervejas como o direito de usar o selo de medalhista em material de divulgação e figurar na publicação anual da World’s Best Beers.

Mas não é só o líquido que tem premiação não. O design, ou seja, o visual das cervejas também ganha. São oito categorias.

Nessa modalidade, as brasileiras ganharam medalha de bronze. Confira as vencedoras:

Bronze em Melhor projeto de garrafa do mundo: Flamingo Beer & Co.

Bronze em Melhores rótulos do mundo: Cervejaria Búzios Forno; Cervejaria Búzios Brava; Cervejaria Búzios Bravíssima; Flamingo Beer & Co. Lager; Flamingo Beer & Co. Witbier

Para conhecer todas as cervejas premiadas, inclusive a de outros países, clique aqui.