Estilos de Cervejas

Sobre estilos: IPA

taça-ipa

Então, hoje, vamos falar da queridinha de muitos e que tomou conta do gosto e dos eventos cervejeiros? Sim, estou falando dela: A IPA. Os lupulomaníacos até choram!

Primeiro, vou começar com a história dela, que alguns dizem não ser verídica, mas… Eu não estava aqui pra ver, vamos ao que nos contaram.

Segundo historiadores, lá no século XVIII, quando os ingleses colonizaram a Índia, haviam oficiais britânicos que moravam na Índia. Naquela época, o calor era muito bravo e a água potável era bem escassa. Para resolver esse problema, os ingleses começaram a levar cervejas da Inglaterra para a Índia. Como o caminho era longo e as cervejarias não usavam conservantes artificiais, assim, as cervejas estragavam.

ipa-cerveja

O que eles pensaram? “Vamos colocar uma dose extra de lúpulo, que é um conservante natural (já falei sobre ele aqui), assim a cerveja resistirá alguns meses de viagem.”. Assim, eles passaram a colocar na tradicional Pale Ale (que também já falei aqui) uma quantidade maior de lúpulo. Com isso, a cerveja que era Pale Ale mudou sua característica, ficando com o aroma mais definido e fresco, mais amarga e com o teor alcoólico mais alto. Para diferenciá-la da outra, passaram a chamá-la de Índia Pale Ale, a famosa IPA.

Principais características

lúpulo-640x340O amargor marcante é sua principal característica. Nela, os maltes ficam bem discretos, mas têm aqui a função de contrabalancear com o lúpulo para a cerveja não ficar super amarga. Mas o lúpulo não vai dar somente o amargor, ele dita o aroma também. Uma boa IPA tem que ser cheirosa. Algumas, só de abrir a garrafa, já vem aquele aroma gostoso. Os mais encontrados são os cítricos. São cervejas super refrescantes.

Sua cor deve ser de dourado a acobreado. Apresentam um teor alcoólico que normalmente vai de 5,5 a 7,5%.

Seu IBU padrão vai de 40 a 70. Já uma Imperial IPA pode ir até 120. Vamos falar então desses sub estilos?

Alguns sub estilos de IPA: 

downloadAmerican Pale Ale / American IPA: Para mim é a mesma coisa essas duas nomenclaturas. Tem um amargor acentuado como a IPA, porém, devido aos lúpulos americanos usados, ela tem aromas mais cítricos. Tem um pouco de dulçor, enquanto a “somente IPA” tem o final seco.

English IPA: Tem uma característica de malte mais acentuado que a versão americana e um aroma de lúpulo mais discreto. Tem notas terrosas e herbais dos lúpulos ingleses. É mais balanceada que os outros estilos.

black ipa

 

Black IPA: são chamadas assim pela utilização de maltes tostados e torrados. Costumam ser robustas, com notas de café, chocolate, caramelo, além do amargor comum a qualquer IPA.

 

Imperial IPA/Double IPA: É a versão mais hard da IPA. O amargor é ainda mais acentuado, com doses exageradas de lúpulo e teor alcoólico elevado. Com isso é preciso usar mais maltes também, mas sem equilibrar demais. Muito muito amarga, definitivamente, não é minha praia.

sitra

 

Session IPA: Diferente da Imperial essa é uma IPA com baixo teor alcoólico sem perder as características lupuladas. É aromática, menos amarga e com leve teor de álcool. Dá para tomar muitas. Esse é o outro sub estilo que eu consigo tomar.

NEIPA Haze
New England IPA /Juicy IPA: Têm aparência turva (a cor lembra de um suco de manga), contém trigo, centeio ou aveia na composição. São mais encorpada e aveludada, bastante frutada, lembrando frutas amarelas e tropicais. Tem uma quantia significativa de lúpulo e malte não caramelizado. Seu amargor é curto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s