#TBT: La Serrana – Obelisco (Buenos Aires)

O #tbt, enfim, pousa em terras hermanas: Buenos Airesla serrana

Nada mais justo que começar com uma artesanal bem raiz da Argentina.

Essa é a Roja da cervejaria La Serrana. Ela é uma Red Ale, porém não tem uma coloração âmbar, mas sim mais dourada. Achei uma cerveja gostosa e bem leve. Com aroma e sabor frutado.

A Cevecería La Serrana tem sua fábrica em Carpintería, uma vila da província de San Luis, na região central da Argentina.

Hoje, eles contêm 16 estilos diferentes, que trazem espécies nativas daquela região para dar um toque especial em seus sabores e aromas.


O prato do dia foi a primeira coisa que comemos em Buenos Aires. Poderia ter sido uma Parrilla? Poderia! Poderia ter sido um Alfajor? Poderia. Mas onde entramos? No Burger King.

20180410_143317.jpg

Sim. A gente gosta de entrar nessas redes internacionais para comparar com as daqui do Brasil.

Não lembro qual sanduíche pedi. Só sei que veio bem mixuruca. Meio seco. A batata é igual. O refrigerante lá não é refil. Além do katchup, eles dão maionese. Não cobram como aqui no Brasil…rs . Ah, e lá não tem, ou não tinha mostarda. É um parecido diferente.

A casquinha de lá tem a opção de caramelo. Hum…


O ponto turístico é um local clássico de Buenos Aires, onde todos que vão, obrigatoriamente, tiram uma foto por lá.

O Obelisco! Ou o pirulito da Praça Sete, para nós de BH…rs

20180411_123528

20180411_124617

O Obelisco foi inaugurado em 1936, em celebração aos 400 anos de Buenos Aires.

Ali, a bandeira argentina foi hasteada pela primeira vez, em 1812. Ele fica na Praça da República, no cruzamento de duas importantes avenidas da cidade a Corrientes e a 9 de julio, por isso, seu entorno é muito movimentado.

Com 67,5 m de altura, o monumento traz diferentes inscrições em seu entorno, que são homenagens a importantes momentos históricos da cidade e do país. Em seu interior tem uma escada que leva ao topo com quatro janelas. A vista deve ser linda, mas, hoje em dia, é proibido subir lá.

O Obelisco faz parte de manifestações e comemorações dos portenhos. Além disso, ele aparece colorido em determinadas datas comemorativas ou em algumas campanhas da cidade.

Quando fomos, Buenos Aires iria sediar os Jogos Olímpicos da Juventude, por isso esse símbolo aí.

20180411_123846

#TBT: Tuborg – Piazza del Popolo (Roma)

20170528_212115.jpg

O #tbt de hoje é com esta pilsner dinamarquesa, a Green Tuborg. Uma cerveja comum, normal para os padrões internacionais. Feita com água, levedura, lúpulo e malte lager, um tipo de malte levemente tostado. Seu sabor é adocicado, super suave. No final, tem o típico amargor moderado de uma cerveja bem fabricada. ABV: 4,6%

logo tuborg

A Tuborg foi fundada em 1873 por Carl Frederik Tietgen, com sede em Hellerup, um distrito do norte de Copenhague. O nome Tuborg está relacionado ao nome da rua onde foi fundada a cervejaria. Ela produziu a primeira cerveja tipo pilsner da Dinamarca em 1880 e a embalou em garrafas com um rótulo verde distinto. Tornou-se instantaneamente popular entre os dinamarqueses.

Em 1969, foi comprada pela empresa Carlsberg. Hoje, a Tuborg se tornou uma marca internacional, presente em 70 países.


O prato é um divino Penne a Carbonara e uma lasanha do Restaurante Il Nuovo Faro di Angelo e Pierangelo. Deliciosos. Esse dia optei por um vinho da casa. A sobremesa foi o Tiramisù, uma sobremesa tipicamente italiana.


O ponto turístico do #tbt enfim chegou em Roma. Ahhh, Roma. Uma aula de história em cada esquina que se passa!

20170529_172459

Hoje vou falar da Piazza del Popolo (Praça do Povo), uma praça diferente que tem portal para entrar nela, local que, conforme a história, o imperador Nero morreu e foi sepultado. E, como tudo em Roma, é pura história.

A praça é gigante. Em seu centro, está o obelisco Flamínio, com seus 24 metros de altura, chegou em 1589, vindo do Egito.

Na entrada da praça, está a Santa Maria del Popolo (ou Basílica de Santa Maria do Povo), que abriga várias obras de artes. E, para quem gosta do filme Anjos e Demônios, aqui fica a Capela Chigi: Que tem uma pirâmide (símbolo pagão dentro de uma Igreja Católica) e o Anjo (estátua de Habacuque, de Bernini) que aponta para o chão da capela, que tem a pintura que chamam de Morte Alada.

Além dela, tem as duas igrejas gêmeas, como são chamadas por serem bem parecidas: a Santa Maria in Montesanto e Santa Maria dei Miracoli ou dos Milagres. Em uma delas tinha uma arte bem no centro, que era uma cabeça pendurada. Ai, não gostei daquilo.

Subindo uma escadaria de 135 degraus por ali, tem-se acesso à Piazza di Spagna, onde dá para ver a Piazza del Popolo pelo alto.

Este slideshow necessita de JavaScript.