Misturar bebidas alcoólicas não faz mal!

Muitas vezes a gente já ouviu ou já falou essa frase: “Se eu misturar diferentes bebidas alcoólicas, eu fico ruim!”. 

Foto: petereleven/Shutterstock

Mas, vim aqui para desmistificar isso.

Não existe nenhuma pesquisa científica ou estudo que comprove que o fato de você misturar uma bebida fermentada, no caso da cerveja, com um destilado, faz mal, ou potencializa a ressaca do dia seguinte.

O que acontece é que destilados, em geral, possuem teor alcoólico maior que fermentados. Por isso, se forem ingeridos no mesmo ritmo que o fermentado ou em conjunto, pode embebedar mais rápido, mas só pelo fato de que haverá mais álcool entrando no organismo.

Por conta disso, misturar bebidas também não causa mais ressaca.

O problema todo não está na mistura das bebidas, mas sim em quatro fatores:

– Se está bem alimentado antes de começar a beber;
– O alto teor alcoólico ingerido; 
– A quantidade ingerida; 
– A velocidade que se bebe. 

Ou seja, o que faz você passar mal no dia seguinte à mistureba de bebidas é o exagero.

Quando a gente está bebendo cerveja e passa para a vodca (por exemplo), a gente começa a ingerir muito mais teor alcoólico. A gente passa do 5% para o 40%. Se tomássemos apenas uma dose e parasse, tudo ficaria tranquilo no dia seguinte. O problema é que você toma mais teor alcoólico, fica mais alegre, empolgado e passa a tomar ainda mais. Ou seja, o problema não é a mistura, mas o exagero.

Outro exemplo para você entender de vez que o problema não é a mistura:

Misturar uma garrafa de cerveja e uma taça de vinho, dependendo da velocidade que ingeriu e se estava bem alimentado, não vai dar nada no dia seguinte. Você vai acordar sem ressaca.

Agora! Sem misturar. Se você tomar quatro doses de uísque em uma hora ou 10 garrafas cervejas em uma noite. Seu dia seguinte não vai ser nada bom. E olha que você não misturou as bebidas. Entendeu? Beber só destilado ou só cerveja em grande quantidade vai ter muito mais álcool ingerido que misturar somente uma dose de destilado com uma garrafa de cerveja.

Eu já fiz umas misturas boas de cerveja com destilado JUNTOS. Nesses dias, eu tomei a mistura e mais uma garrafa de cerveja só. Acordei sem ressaca.

Veja aqui como faz o Submarino: Stout + Jack Daniel’s
Veja aqui como faz o Highball: Pilsen + Tônica + Jack

O mesmo acontece se você misturar estilos ou marcas de cervejas. Não tem problema nenhum, desde que seja com moderação.  

Resumindo, o que te faz mal é não saber beber com moderação! Se cuide!

Confira o teor alcoólico de algumas bebidas e saiba dosar.

  • Cerveja: 5% a 12%;
  • Vinho: 10% a 15%
  • Aguardente: 38 a 54%;
  • Rum: 35 a 54%;
  • Cachaça: 38 a 48%;
  • Vodca: 36 a 54%;
  • Whisky: 38 a 54%,
  • Gin: 40% a 50%
  • Mista ou coquetel: 0,5% e 54%.
Publicidade

Um comentário em “Misturar bebidas alcoólicas não faz mal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s